VISAO MISAO OBJECTIVO SPORTIMOR FH KKN HOME FH LPV ARTIGOS FH MUZIKA LIA MENON FH RESPONDE
Congresso  Nacional de Recontrucão de Timor-Leste Frente Revolucionaria de Timor-Leste Independente Partido Democratico Frenti-Mudança FM Partido Socialista Timor Partido do Desenvolvimento Nacional Associação Social-Democrata Timorense União Nacional Democrática de Resistência Timorense União Democrática Timorense Partidu Republikanu Partido Libertasaun Povu 

Aileba Partido Democrática Republica de 

Timor Associação Popular Monarquia Timorense Partido Unidade Nacional Partido Milénio Democrático Klibur Oan Timor Asuwain Aliança Democrática Partido Timorense Democrático Partidu Democrática Liberal Partido do 

Desenvolvimento Popular Partido Democrata Cristão

TIMOR-LESTE
Ami nia mehi ma'ak Liberta ita nia Rain no Liberta ita nia Povo, Ita hotu nia Mehi ma'ak Ukun Rasik An!".


Se Ma'ak Atu Ba Tuur Iha
Palasiu Prezidensial Nicolau Lobato?

Antonio Maher Lopes "Fatuk Mutin"

Francisco Guterres "Lu Olo"

Amorim Vieira

José Neves "Samala Rua"

Jose Luis Guterres "Lugu"

Angela Freitas

Luis Alves Tilman

António da Conceição “Kalohan”

terça-feira, 15 de abril de 2014

Forum do Boao: “Novo Futuro da Ásia, Identificação de Motores de Crescimento”

Fórum de Boao em 2014 na Conferência Asiática Anual sobre o Tema “Novo Futuro da Ásia: Identificação de Motores de Crescimento”.

Timor-Leste's Prime Minister Xanana Gusmao addresses the opening ceremony of the Boao Forum for Asia (BFA) Annual Conference 2014 in Boao, south China's Hainan Province, April 10, 2014. (Foto: Xinhua/Chen Yehua in http://news.xinhuanet.com/english/photo/2014-04/10/c_133252270_17.htm)
Com o tema da conferência deste ano “Novo Futuro da Ásia, Identificação de Motores de Crescimento”, iremos explorar as dinâmicas da grand e transição geopolítica do nosso tempo. Hoje, mais do que nunca, é crucial que haja diálogo, incluindo em conferências como esta, para garantir que a transição para o nov o futuro da Ásia é pacífica e benéfica para todos.

O centro global a nível económico e estratégico est á a mudar para a Ásia. Esta nova Ásia terá dentro de si as capitais financeiras do mundo. Refiro-me não só a Hong Kong e a Singapura, como também a Shanghai e a Mumbai, a Jac arta e a Tóquio, a Seul e a Shenzhen. À medida que a Ásia alimenta a produção global, bem como o consumo, passaremos a ser o centro do foco internacional e o palco das políticas geoestratégicas.

A Crise Financeira Global, que veio expor a falência moral e o insucesso endémico do sistema financeiro internacional, acelerou esta mudança para a Ásia e continua a provocar o caos dos dois lados do Atlântico.

Ler o texto completo:
“Novo Futuro da Ásia, Identificação de Motores de Crescimento” (Portugues)
“Asia’s New Future, Identifying Growth Drivers” (Ingles)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.