VISAO MISAO OBJECTIVO SPORTIMOR FH KKN HOME FH LPV ARTIGOS FH MUZIKA LIA MENON FH RESPONDE

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Corrupção: O exemplo vindo de Timor

Paulo Morais [Opinião]
Corrupção: O exemplo vindo de Timor
[ Enquanto em Timor se condenam ministros, em Portugal faz-se pouco para combater a corrupção. ]


_________________________
por PAULO MORAIS
Fonte: http://rr.sapo.pt

Em Timor, a ministra da Justiça, Lúcia Lobato, foi condenada a cinco anos de prisão. Um exemplo para Portugal, onde a condenação de um ministro jamais seria possível. 

Suspeita de beneficiar construtores que financiavam o seu partido, a ministra foi suspensa, o Parlamento retirou-lhe a imunidade e foi julgada em menos de um mês. Mas não é este o único exemplo de combate militante à corrupção em Timor. Também o ministro da Administração Estatal, Arcanjo Leite, está a contas com a justiça. Sem contemplações. 

Além dum sistema judicial que aparentemente funciona, os timorenses querem aumentar a transparência do sistema. Criaram recentemente um portal da transparência, que permite aos cidadãos conherem as receitas e as despesas da responsabilidade do seu governo. A informação é a maior vacina para a corrupção. 

Os líderes políticos e até religiosos timorenses denunciam a corrupção, como ainda recentemente fez D. Basílio do Nascimento. Sem tibiezas, identificam o fenómeno, julgam os responsáveis, condenam-nos e prendem-nos. Sabem que o desenvolvimento do seu país depende deste combate. 

Curiosamente, na mesma semana, em Timor é condenado um ministro, enquanto um relatório europeu revela que o seu antigo colonizador, Portugal, está entre os países que menos se esforçam para combater a corrupção.

[11-06-2012]

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.