VISAO MISAO OBJECTIVO HAKSESUK BOLA FH KKN HOME FH LPV ARTIGOS FH MUZIKA LIA MENON FH RESPONDE
Bloku Unidade Popular Associação Popular Monarquia Timorense Kmanek Haburas Unidade Nasional Timor Oan Partido Esperança da Pátria Partido Socialista de Timor Partido Desenvolvimento Popular Congresso Nacional para a Reconstrução de Timor-Leste Partido Republicano União Democrática Timorense Partido Democrata Cristão Partidu Movimento Libertasaun Povu Maubere Partidu Libertasaun Popular Partido Democratico União Nacional Democrática de Resistência Timorense Partido Unidade Desenvolvimento Democrático Partido Timorense Democratico Frenti-Mudança Partido Social Democrata Centro Ação Social Democrata Timorense Partido do Desenvolvimento Nacional Frente Revolucionaria de Timor-Leste Independente
NICOLAU LOBATO
“O povo de Timor-Leste está reconstruindo com o seu próprio suor, com o seu próprio sangue uma pátria revolucionaria democrática, uma terra livre para gente livre”.

Espelho da Realidade
A Esperança Nunca Morre
TIMOR-LESTE



Interview with Fernando Lasama de Araujo: On the road to democracy, where the streets have no name
POVU NIA LIAN
Bazeia Polemika Iha Publiku, Deputadu sira Kansela Leilaun Prado
Estraga Karreta 12, MUTL Husu PNTL Investiga
Membru PNTL Asalta UNTL
Lejislatura Da-haat Mak Sei Ezekuta Kareta Prado

 
 
   

terça-feira, 12 de julho de 2011

OS PRIMEIROS PADRES CARMELITAS DESCALÇOS TIMORENSES

No dia 16 do corrente mês serão ordenados presbíteros dois Timorenses: o Diácono Nuno Pereira, natural de Suai, e o Diácono Noé Danilo Aleixo Martins, natural de Dare (Dili).

Depois da profissão na ordem dos Carmelitas Descalços, o nosso irmão Nuno passou a chamar-se Frei Nuno Pereira da Cruz, e o irmão Noé passou a chamar-se Frei Noé Danilo Aleixo Martins de Santa Teresa Benedita da Cruz. Eles são os primeiros timorenses a entrar na Ordem dos Carmelitas Descalços (OCD).

Em Timor-Leste já existem os carmelitas “calçados”, ou seja, os frades Carmelitas da Antiga Observância (O.Carm). Têm casas em Zumalai e Hera (Dili). Os padres timorenses da Ordem dos Carmelitas da Antiga Observância (O.Carm) são: Padre Augusto Sampaio da Costa, O.Carm, Padre Aniceto Maria da Costa, O.Carm, Padre Nelinho A. Ferreira Soares, O.Carm, Padre Manuel Almeida da Costa, O.Carm.

Em Hera foi fundado um convento de Freiras Carmelitas Contemplativas na década dos anos 90 do século XX. As Irmãs Carmelitas (OCD) provinham do Convento de Lembang, Bandung e de Bajawa (Flores).

A Ordem do Carmo (originariamente chamada Ordem dos Irmãos da Bem-Aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo) é uma ordem que surgiu no fim do século XI. A Regra do Carmo foi sistematizada e proposta por Santo Alberto, Patriarca de Jerusalém, e, aprovada pelo Papa Honório III em 1226.

Um santo Carmelita, que foi, por muitos anos, Padroeiro do Colégio de Soibada, é São Nuno de Santa Maria (Nun’Álvares Pereira, o Santo Condestável).

A Ordem do Carmo (Carmelitas Descalço, com a sigla OCD) é uma ordem fundada em 1593, e resulta da reforma do carisma carmelita realizada por Santa Teresa de Ávila e São da Cruz. Nesse ano o Papa Clemente VIII concedeu autonomia ao ramo dos carmelitas Descalços.

No ramo feminino, esta nova ordem “produziu” muitas santas, entre as quais se destacam: Santa Teresinha do Menino Jesus (Teresa de Liseux), Santa Teresa dos Andes, Santa Teresa Benedita da Cruz (Edith Einstein), Santa Maria Madalena de Pazzi, Santa Isabel da Tindade, etc).

Os Diáconos frei Nuno Pereira da Cruz, OCD, e Frei Noé Danilo A.M. de Santa Teresa da Cruz, OCD, serão ordenados sacerdotes pelo Senhor Bispo do Porto, Dom Manuel Clemente, no Convento de Avessadas – Marco de Canaveses pelas 16h00.

Aos neo-presbíteros apresentamos os nossos sinceros votos de Parabéns e desejos de um fecundo apostolado na Vinha do Senhor.

Porto, 12 de Julho de 2011.

Dom Carlos Filipe Ximenes Belo

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.