VISAO MISAO OBJECTIVO HAKSESUK BOLA FH KKN HOME FH LPV ARTIGOS FH MUZIKA LIA MENON FH RESPONDE
Bloku Unidade Popular Associação Popular Monarquia Timorense Kmanek Haburas Unidade Nasional Timor Oan Partido Esperança da Pátria Partido Socialista de Timor Partido Desenvolvimento Popular Congresso Nacional para a Reconstrução de Timor-Leste Partido Republicano União Democrática Timorense Partido Democrata Cristão Partidu Movimento Libertasaun Povu Maubere Partidu Libertasaun Popular Partido Democratico União Nacional Democrática de Resistência Timorense Partido Unidade Desenvolvimento Democrático Partido Timorense Democratico Frenti-Mudança Partido Social Democrata Centro Ação Social Democrata Timorense Partido do Desenvolvimento Nacional Frente Revolucionaria de Timor-Leste Independente
NICOLAU LOBATO
“O povo de Timor-Leste está reconstruindo com o seu próprio suor, com o seu próprio sangue uma pátria revolucionaria democrática, uma terra livre para gente livre”.

Espelho da Realidade
A Esperança Nunca Morre
TIMOR-LESTE



Interview with Fernando Lasama de Araujo: On the road to democracy, where the streets have no name
UKUN HAMUTUK?
Sorumutu "Meja Bo'ot" nakonu ho "bua-malus". Sei lo'ok ba malu hela hodi mama hamutuk.
Fretilin
Fretilin - CNRT
Fretilin - PLP
Fretilin - PD
Fretilin - KHUNTO

 
 
   

sábado, 25 de setembro de 2010

EDUCAÇÃO PARA PAZ

Recomeçou ano lectivo 2010-2011. Este é um período propício para educar e formar as gerações novas nos valores da cultura, da cidadania, da paz, da justiça e da fraternidade. Espera-se que cada Escola tenha um projecto educativo que vise a dignidade da pessoa humana e nos seus valores fundamentais (universais e inalienáveis); um projecto que considere a pessoa humana como princípio, sujeito e fim da Sociedade.

A Declaração Universal dos Direitos do Homem no seu artigo 26, declara que ”Toda a pessoa tem direito à educação. E a educação deve ser gratuita, pelo menos no que respeita ao ensino elementar e fundamental".

Quando falamos da educação para a Paz, queremos, justamente, realçar um projecto educativo que tenha em conta dimensões importantes como os Direitos Humanos, a Paz, o Diálogo e a Cooperação internacional.

O fim primário da educação para a Paz, não é tanto atingir objectivos literários ou científicos, mas é a formação da pessoa nos valores éticos e morais. Para isso, deseja-se que as Escolas tenham um projecto educativo subjacente a um ideal da sociedade: isto é, uma sociedade personalista, democrática, participativa, solidária e descentralizada.

Este projecto deveria incluir princípios como: a compreensão. e respeito de todos os povos, das suas culturas, dos seus valores e dos modos de vida incluindo a cultura da etnias e de minorias; a consciência da interdependência mundial crescente entre os povos; a capacidade de comunicar com todos os povos, com todas as religiões e culturas; a consciência dos direitos, mas também dos deveres; a compreensão da necessidade da solidariedade e de cooperação internacionais; a vontade nos indivíduos, de contribuir para resolver os problemas das suas comunidades, dos países e do mundo.

A educação para a Paz deve proporcionar aos jovens uma outra visão da guerra, com o fim de evitar que o fenómeno bélico seja considerado como algo normal e inevitável. A guerra é sempre um mal, que leva à destruição, ao ódio, à morte. A Paz é um bem essencial para o desenvolvimento dos indivíduos e dos povos.

Mas para haver essa consciência, a educação para a Paz deve começar pelo próprio aluno, pelos Professores, pelos Pais e pelos agentes da Educação. A educação para a Paz, antes de ser uma transmissão de conhecimentos ou de técnica, é uma vivência e prática constante de virtudes: respeito, generosidade, humildade, paciência, colaboração, diálogo, etc.

Oxalá, nas Escolas reine sempre um ambiente de Paz! E que alunos, professores, pais e encarregados da educação sejam pessoas de “Paz e de Bem”!

Porto, 23 de Setembro de 2010
Dom Carlos Filipe Ximenes Belo
Prémio Nobel da Paz 1996

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.