VISAO MISAO OBJECTIVO HAKSESUK BOLA FH KKN HOME FH LPV ARTIGOS FH MUZIKA LIA MENON FH RESPONDE
Artista Nia "Lian-Nonok" Ba Ukun-nain Sira  
   

domingo, 29 de abril de 2007

Fernando Lasama Apoia Ramos Horta

AFP/File/Mario Jonny Dos Santos
"Em face da conjuntura actual e confrontando os programas eleitorais dos dois candidatos em presença,o actual primeiro-ministro, Ramos Horta, "pode oferecer todas as condições no exercício do cargo de Presidente da República que eu defendi na minha campanha" - Fernando Lasama. (Foto: AFP/File/Mario Jonny Dos Santos)

RESTA VOTAR EM RAMOS HORTA,
PORQUE ELE MERECE
!

A. K. Fernandes

Em Timor tudo pode acontecer. A manipulação é uma máquina "rakitan" pela Fretilin com o maior investimento vindo de Moçambique.

A Fretilin tem medo do futuro. Alkatiri tem medo de perder o puder e com ele, os seus amigos e aliados. Lu-Olo teme cair no isolamento e ver perder as suas regalias. Os dois (Alkatiri & Lu-Olo) não querem marcar passo com o independente Dr. Ramos Horta e receiam perder o comboio com a nova geração chamada "Sarjana Supermi" liderado por Fernando La Sama.

Eis esta a questão!

Dizem "eles" que Fernando La Sama não tem figura, pouco mediático. Mas ele não tem necessidade disso, pois tem uma casa com sigla PD onde habitam os grandes "titulares" e "pioneiros" da nação.

O povo sabe e tem consciência de que o Timor precisa de um presidente legítimo, honesto e humilde que se preocupe com o bem-estar do povo e que procure lhe dar um país próspero. A recente CRISE despertou a atenção do mundo e os timorenses olham para esta realidade em busca de uma solução, e esta tem uma única palavra MUDANÇA com um presidente CREDIVEL.

A viagem tranquila do candidato Fernando La Sama ao Palácio das Cinzas foi subitamente "cancelada" porque superou uma tempestade brutal vinda do leste com ventos multidireccionais.

O povo lamenta!

Infelizmente a democracia apresentou as suas falhas. Mas ainda há uma réstia esperança! Pois temos o homem ainda em jogo que pode trazer a justiça.

Seu nome é?

Dr. José Ramos Horta, surgindo nele a credibilidade do diplomata acreditado pelo premio Nobel. Ele como ninguém espreita neste momento a presidência.

Se ganhar serão prémio merecido.

A ver vamos!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.