VISAO MISAO OBJECTIVO SPORTIMOR FH KKN HOME FH LPV ARTIGOS FH MUZIKA LIA MENON FH RESPONDE

domingo, 9 de agosto de 2015

Hiroshima: a bomba, o poder e a memória



Opinião
Hiroshima: a bomba, o poder e a memória 
MANUEL LOFF 08/08/2015 - 08:43
Quando, há 70 anos, a primeira bomba atómica, a Little Boy, explodiu sobre Hiroshima, 70 mil pessoas morreram, e outras tantas morreriam nas semanas imediatamente subsequentes. Talvez não fosse logo evidente que uma nova etapa na existência humana tinha começado, mas os norteamericanos deram-se logo conta do impacto militar e humano. Apesar de saberem que os japoneses queriam, ainda antes d'a Bomba (como passaria a ser designada na linguagem universal), negociar a paz através de uma mediação soviética (a que Estaline se esquivou), os norteamericanos não hesitaram, três dias depois, no dia 9 agosto, em lançar sobre Nagasaki a segunda bomba. Outras 74 mil pessoas morreram.

Ler artigo completo:
>> Hiroshima: a bomba, o poder e a memória

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.