VISAO MISAO OBJECTIVO HAKSESUK BOLA FH KKN HOME FH LPV ARTIGOS FH MUZIKA LIA MENON FH RESPONDE
Bloku Unidade Popular Associação Popular Monarquia Timorense Kmanek Haburas Unidade Nasional Timor Oan Partido Esperança da Pátria Partido Socialista de Timor Partido Desenvolvimento Popular Congresso Nacional para a Reconstrução de Timor-Leste Partido Republicano União Democrática Timorense Partido Democrata Cristão Partidu Movimento Libertasaun Povu Maubere Partidu Libertasaun Popular Partido Democratico União Nacional Democrática de Resistência Timorense Partido Unidade Desenvolvimento Democrático Partido Timorense Democratico Frenti-Mudança Partido Social Democrata Centro Ação Social Democrata Timorense Partido do Desenvolvimento Nacional Frente Revolucionaria de Timor-Leste Independente
“O povo de Timor-Leste está reconstruindo com o seu próprio suor, com o seu próprio sangue uma pátria revolucionaria democrática, uma terra livre para gente livre”.

I N T E R F E T
15 Setembro 1999
O Conselho de Segurança da ONU aprova a Resolução n° 1264,
que autoriza a criação de uma força internacional para Timor-Leste (INTERFET)
TIMOR-LESTE



Interview with Fernando Lasama de Araujo: On the road to democracy, where the streets have no name
Dezenvolvimentu Nasional presija iha Programa nebeé Programátiku
Reasun Oposisaun ba Programa VII gov
Primeiro-ministro timorense não entende críticas a programas..
Oposição exige explicações ao Gov sobre justiça e reforma adm..
Xanana Gusmão quer "ganhar experiência" como oposição..
Governo quer duplicar receitas domésticas com IVA e impostos tabaco...
Masuk Indonesia Tanpa Paspor, 2 Warga Timor Leste Diamankan Polisi
Opozisaun Rejeita, Programa VII Governu, Alkatiri: “Hau Prontu...”
Timor "satisfeito" novo acordo que regula fronteira com Austrália
Comissão confirma acordo entre Timor-Leste e Austrália

 
 
   

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Grandes Sonhos, Grandes Desafios

Mensagem de Sua Excelência o Primeiro-Ministro, Kay Rala Xanana Gusmão

Os timorenses sonharam um dia que podiam ser livres e independentes e concretizaram esse sonho.

Os timorenses sonham agora com o desenvolvimento nacional. Sonham em ter um País estável e seguro, sonham com uma sociedade próspera e justa, sonham com melhores condições de vida e com um crescimento económico que os alivie da pobreza.

O Governo que tenho a honra de chefiar, é constituído por homens e mulheres prontos a transformar estes desafios em oportunidades de Paz e Desenvolvimento.

Este compromisso, o do desenvolvimento, é sustentado em três elementos fundamentais de governação: o Diálogo, a Confiança e a Visão estratégica, rumo ao futuro.

Governar em diálogo com os partidos políticos, com os agentes económicos, com a sociedade civil, com os cidadãos e, claro, com os outros Órgãos de Soberania. O Governo conta com a participação construtiva de todos, para o desenvolvimento de Timor-Leste.

Governar em confiança, onde imperem os valores dos direitos cívicos e humanos, a tolerância e o respeito, os princípios de boa governação e transparência, e a obediência de todos perante a Lei. A confiança vem consolidar as Instituições Democráticas e permitir o cumprimento da sua missão, enquanto promotoras da estabilidade, unidade e bem-estar em Timor-Leste.

Governar com uma visão estratégica, investindo em recursos humanos, em infra-estruturas, no desenvolvimento agrícola e rural, no desenvolvimento do sector privado e na promoção do investimento externo. Só com visão, poderemos desenvolver uma política de crescimento económico que permita a criação de emprego, o aumento de rendimentos e a redução da dependência externa de bens essenciais, melhorando ainda a prestação de serviços essenciais à população e gerindo de forma sábia e sensata os recursos naturais de Timor-Leste.

Ao saudar-vos, neste espaço, quero-vos dar conta das nossas responsabilidades, dos nossos compromissos, mas também do nosso desejo de estar mais perto do Povo, em permanente auscultação e diálogo.

Timor-Leste já conquistou o seu lugar no mundo, através do seu passado histórico, marcado por expressões de sofrimento mas também de solidariedade internacional. Estamos agora a escrever as páginas do futuro, um futuro melhor para as próximas gerações, um futuro onde possamos dizer:

Timor-Leste, um País onde vale a pena sonhar!




Kay Rala Xanana Gusmão

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.