VISAO MISAO OBJECTIVO HAKSESUK BOLA FH KKN HOME FH LPV ARTIGOS FH MUZIKA LIA MENON FH RESPONDE
DALIA iha "quarteto" LIAN NIA NONOK  
   

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Fretilin foi a autora da crise, em 2007, PD optou por se coligar com o CNRT

Dili. O Secretário-Geral do Partido Democrático (PD), Mariano Assunami Sabino, afirmou que, nas eleições de 2007, o PD optou por se coligar com o CNRT (Congresso Nacional da Reconstrução Timorense) em vez de com a Fretilin. Encontravamo-nos numa situação de crise, da qual eles foram os responsáveis, e que provocou danos materiais e humanos.

“Naquela altura (2007), nós ignorámos a coligação com a FRETILIN porque se vivia numa situação de crise, que eles próprios cometeram. Mas, de futuro, estamos abertos a todos, exigindo a mudança. Podemos andar juntos com quem não criou problemas ao povo, não causou danos humanos ou sofrimentos”, afirmação do Secretário-Geral do PD, Mariano Assanami Sabino, na consolidação do PD, na aldeia Nopen, Suku Vila verde, no passado sábado (14/05/2011).

Por isso mesmo, o Secretário-Geral pediu ao povo para reflectir, porque todos os partidos já governaram o país, porém, o povo soberano deverá escolher qual o melhor dos partidos, o que desenvolva melhor o país e garanta a prosperiadade e bem-estar do povo.

“Todos os partidos já governaram, por isso o povo deve avaliar quais são os que melhor governam, quais os que mostram bom comportamento, boa liderança, os que querem abraçar todos, em detrimento daqueles que dizem mal das pessoas e procuram destruir a vida privada das pessoas”, afirma Assanami.

Em 2007, o PD não optou por se coligar com a Fretilin, com o argumento de que foi a Fretilin que governou até 2006, no I, II e III Governos Constitucionais. Em 2006, as instituições do estado foram destruidas e politizadas, como as F-FDTL e a PNTL, a burocracia do governo provocou a crise.

Por isso mesmo, afirmou o Secretário-Geral do PD, a razão pela qual o PD não se coligou com a Fretilin para formar um governo da aliança, e é necessário informar o povo porque o PD e outras gerações oriundas da ASDT e da FRETILIN, optando por se juntar ao CNRT e aos outros partidos.

A Fretilin e o Governo Alkatiri foram os responsáveis pela crise de 2006

Declarou ainda o Secretário-Geral do PD “em plena crise de 2006, no decorrer da crise, existindo um governo que governa, esse governo foi o responsável, uma vez que todos os meios materiais e todas as instituições do estado estavam na mão da administração do governo, esse mesmo governo devia orientar e implementar programas para recuperar a confiança do povo e para fortificar as instituições do estado daí para frente”.

“Com essa realidade, o PD como partido determinante em 2007, decidiu que não queria trabalhar com o partido que provocou a crise, que prejudicou o povo e causou sofrimentos, mas decidiu aliar-se a outros partidos para formar a AMP”, afirmou ainda Assamani.

O Governo AMP concentrou as suas energias na resolução dos problemas da crise de 2006

Por isso mesmo, continua o Secretário-Geral do PD, muitos programas do partido não se conseguiram realizar, porque o governo teve de se concentrar na resolução dos problemas que herdaram do governo anterior, como os deslocados internos, o problema dos peticionários, problemas esses que surgiram dentro das instituições do estado, como as F-FDTL e a PNTL, que necessitavam de ser reforçadas para salvaguardar a confiança do povo no estado.

“Até nesse momento o PD reforçou o Governo da AMP (Aliança Maioria Parlamentar), como forma de melhorar a máquina do estado e para funcionar bem”, defende Assanami.

Fonte: Timor Post (TP), edição Terça-Feira (17/05/2011) paj.3!

Versao Tetum:

http://forum-haksesuk.blogspot.com/2011/05/fretilin-komete-krize-pd-hili-koliga-ho.html

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.