VISAO MISAO OBJECTIVO HAKSESUK BOLA FH KKN HOME FH LPV ARTIGOS FH MUZIKA LIA MENON FH RESPONDE
Bloku Unidade Popular Associação Popular Monarquia Timorense Kmanek Haburas Unidade Nasional Timor Oan Partido Esperança da Pátria Partido Socialista de Timor Partido Desenvolvimento Popular Congresso Nacional para a Reconstrução de Timor-Leste Partido Republicano União Democrática Timorense Partido Democrata Cristão Partidu Movimento Libertasaun Povu Maubere Partidu Libertasaun Popular Partido Democratico União Nacional Democrática de Resistência Timorense Partido Unidade Desenvolvimento Democrático Partido Timorense Democratico Frenti-Mudança Partido Social Democrata Centro Ação Social Democrata Timorense Partido do Desenvolvimento Nacional Frente Revolucionaria de Timor-Leste Independente
“O povo de Timor-Leste está reconstruindo com o seu próprio suor, com o seu próprio sangue uma pátria revolucionaria democrática, uma terra livre para gente livre”.

I N T E R F E T
15 Setembro 1999
O Conselho de Segurança da ONU aprova a Resolução n° 1264,
que autoriza a criação de uma força internacional para Timor-Leste (INTERFET)
TIMOR-LESTE



Interview with Fernando Lasama de Araujo: On the road to democracy, where the streets have no name
Dezenvolvimentu Nasional presija iha Programa nebeé Programátiku
Reasun Oposisaun ba Programa VII gov
Primeiro-ministro timorense não entende críticas a programas..
Oposição exige explicações ao Gov sobre justiça e reforma adm..
Xanana Gusmão quer "ganhar experiência" como oposição..
Governo quer duplicar receitas domésticas com IVA e impostos tabaco...
Masuk Indonesia Tanpa Paspor, 2 Warga Timor Leste Diamankan Polisi
Opozisaun Rejeita, Programa VII Governu, Alkatiri: “Hau Prontu...”
Timor "satisfeito" novo acordo que regula fronteira com Austrália
Comissão confirma acordo entre Timor-Leste e Austrália

 
 
   

domingo, 28 de novembro de 2010

TEMPO DO ADVENTO*

Uma das coisas que ficaram gravadas na minha memória quando eu era adolescente, era a visita do Governador de Timor Português, Capitão Serpa Rosa, à Vila Salazar (Baucau) na década dos anos 50 do século XX.

Uma semana antes da vista do governante o Chefe de suco de Baha-Uú e não Bahú (porque havia um Baha-Wake), mandava o homem do tambor a avisar a população, tocando o seu tambor umas horas de manhã, no alto da colina de Macadai (nesse sítio, antigamente, estavam construídas as Casas lulik das povoações de Macadai, Boilé e Ró-Ulu). Três dias antes da chegada do Governador, os homens dirigiam-se à Vila para prepararem os ornamentos ao longo das ruas (futu arco). E na véspera, começavam a chegar, de diversos sucos, companhias de leais Moradores trazendo bandeiras, tambores, cornetas, espadas; as mulheres com vestidos garridos e com penas de aves na cabeça tocavam os babadok e dançavam e tocava o tebedai. Na Vila vivia-se um ambiente de alvoroço, de expectativa e de festa. E o dia marcado chegava o “Embot” que era recebido com todas as honras…

Esta pequena introdução serve para explicar o que é um Advento. Advento é tempo de preparação, tempo de espera, tempo de expectativa, tempo de alegria e de esperança. A quem esperamos? Quem é que nos vem visitar?

Advento vem do Latim Adventus, do verbo advenire, (ad venire) que significa aquele que advém, que vem até nós. É Cristo que vem! Advento significa, portanto, chegada, vinda, acontecimento, início. Para nós, cristãos, esta palavra designa o tempo que decorre desde o início do Ano litúrgico até ao Natal. O início do Ano litúrgico começa com o primeiro Domingos, próximo do dia 30 do mês de Novembro.

Na antiguidade, o Advento começou a ser celebrado na Espanha e na Gália, no século IV. Para os cristãos, os principais acontecimentos deviam ser devidamente preparados. O Natal de Nosso Senhor Jesus foi, e é um acontecimento importante. Com o Nascimento de Jesus, inicia-se uma nova etapa na história da humanidade. E, porque é um início, é um novo desabrochar de expectativas, de esperanças, de promessas, de compromisso, os cristãos preparavam com orações, vigílias e penitência. É pela sua importância e alto significado que o Natal exige uma preparação adequada.

No Advento, a Igreja convida os cristãos a celebrarem o Nascimento de Jesus há dois mil anos, em Nazaré. Mas este tempo é também um convite para esperar a segunda vinda do Messias no fim dos tempos. Celebramos, portanto, o passado e o futuro. Mas não só, hoje, Cristo continua a vir. Todos os dias, Jesus Cristo passa pelas nossas vidas. Por isso, Advento é também tempo de vigilância, de espera, de escuta e de oração. O Advento é viver a presença de Cristo e construir o Seu Reino no dia a dia!

Esperamos que neste tempo de Advento, os timorenses, com a ajuda de Deus, saibam viver com alegria o presente e desempenhar a missão de construir um Timor-Leste no progresso, na justiça e na paz, na fraternidade e solidariedade.

Um Bom Advento a Todos!

Porto, 28 de Novembro de 2010
Dom Carlos Filipe Ximenes Belo
* Em exclusivo para Forum Haksesuk!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.