VISAO MISAO OBJECTIVO HAKSESUK BOLA FH KKN HOME FH LPV ARTIGOS FH MUZIKA LIA MENON FH RESPONDE
Bloku Unidade Popular Associação Popular Monarquia Timorense Kmanek Haburas Unidade Nasional Timor Oan Partido Esperança da Pátria Partido Socialista de Timor Partido Desenvolvimento Popular Congresso Nacional para a Reconstrução de Timor-Leste Partido Republicano União Democrática Timorense Partido Democrata Cristão Partidu Movimento Libertasaun Povu Maubere Partidu Libertasaun Popular Partido Democratico União Nacional Democrática de Resistência Timorense Partido Unidade Desenvolvimento Democrático Partido Timorense Democratico Frenti-Mudança Partido Social Democrata Centro Ação Social Democrata Timorense Partido do Desenvolvimento Nacional Frente Revolucionaria de Timor-Leste Independente
NICOLAU LOBATO
“O povo de Timor-Leste está reconstruindo com o seu próprio suor, com o seu próprio sangue uma pátria revolucionaria democrática, uma terra livre para gente livre”.

Espelho da Realidade
A Esperança Nunca Morre
TIMOR-LESTE



Interview with Fernando Lasama de Araujo: On the road to democracy, where the streets have no name
UKUN HAMUTUK?
Sorumutu "Meja Bo'ot" nakonu ho "bua-malus". Sei lo'ok ba malu hela hodi mama hamutuk.
Fretilin
Fretilin - CNRT
Fretilin - PLP
Fretilin - PD
Fretilin - KHUNTO

 
 
   

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

HINO NACIONAL: UMA NOTA A APONTAR

[A importância de conhecer os Símbolos Nacionais por cidadãos como cultura geral]

O que está em falta para conhecer?

Victor Tavares*

Segundo a definição da Constituição da República Democrática de Timor-Leste, Art.14.º parágrafo 1 diz; os Símbolos Nacionais são a bandeira, o emblema e o hino nacional. Parágrafo 2 sobre o emblema e o hino nacional também se diz são aprovados por lei.

No Art.15.º sobre a Bandeira Nacional

Parágrafo 1 explica: «A Bandeira Nacional é rectangular e formada por dois triângulos isósceles de bases sobrepostas, sendo um triângulo preto com altura igual a um terço do comprimento que se sobrepõe ao amarelo, cuja altura é igual a metade do comprimento da bandeira. No centro do triângulo de cor preta fica colorada uma estrela branca de cinco pontas, que simboliza a luz que guia. A estrela branca apresenta uma das pontas viradas para a extremidade superior esquerda da bandeira. A parte restante da bandeira tem a cor vermelha».

Parágrafo 2 explica as cores que representam:

Amarelo – os rastos do colonialismo;
Preto – o obscurantismo que é preciso vencer;
Vermelho – a luta pela libertação nacional;
Branco – a paz.

Até aqui estão de acordo com a realidade, onde a visão global da bandeira é vulgarmente conhecido por todos até além dos cidadãos nacionais.

Mas no que diz respeito ao emblema não tem uma designação epistemo da gravura. Levanta-se muitas dúvidas dos cidadãos comuns quanto ao sentido dos símbolos circunscrito no dito emblema e do formato.

Poucos entendem ou nem por isso!

A notável ausência de um dos símbolos nacionais até aqui existente é sobretudo do hino nacional. O mundo viu a bandeira da RDTL hasteada em plenitude dominada pela cor vermelha, no dia 20 de Maio de 2002. Ou viu alguns timorenses envergarem a bandeira e emblema nos T-shirts, chapéus ou bonés etc. Ouviu-se também o hino nacional em coro de um grupo musical mal ensaiada, a mistura com um som estalado, transmitido através de um aparelho altifalante como o som de fundo que atinava o hino nacional naquele dia. Entre as multidões havia quem expressasse as palavras do hino como se tiro a tiro, entre aparece e desaparece cuja na sua maioria estava para seguir uma linha descontínua durante vários minutos, diante uma lenta e demorada subida da bandeira até ao topo. Ouvia-se mais tónica sobreposta e repetidas vezes nas palavras como pátria e pátria seguido pelo som murmúrio ou uns apenas contribuíam com as vozes sem ter nenhuma palavra na língua etc.

Tudo isso retratava da falta de manual do hino nacional, um dos importantes símbolos nacionais. É compreensível que houve uma situação como esta numa dada altura em que tudo se preparava em cima do joelho. Mas daqui em diante já não tem lugar para culpabilizar a situação por falta de manuais sobre todos os símbolos nacionais, de modo que os cidadãos saibam e conheçam os atributos da nação e os símbolos da república.

O patriotismo se constrói através de amor a pátria. Amar a pátria é amar o povo. Para se amar a pátria é preciso conhece-la bem, conhecer os seus símbolos respectivos sentidos compostos nas imagens e cores. Assim como o hino nacional, é o dever de todos os cidadãos nacionais a saberem, não a cantar em si mas a epistemologia das palavras devem ser bem interiorizadas e expressas por todos.


Para que isso aconteça é urgente que o ministério da educação (ME) introduzir nos manuais escolares da matéria que diz respeito aos símbolos e atributos nacionais, para os níveis do ensino considerados adequados, se porventura até aqui ainda não está feita.

Uma boa lição a tirar sobre a elevação da consciência nacional dos cidadãos, sobre os aspectos como símbolos e atributos da nação é a República Indonésia, onde mais de 90 por cento do seus cidadãos conhecem nos símbolos da nação e seus significados ou a cerca de 100 por cento sabem cantar o hino nacional. Como é óbvio, a RI tem hoje 64 anos como nação independente. Não obstante Timor-Leste de a seguir nos bons exemplos dados pelo vizinho com a prova dada sobre como se constrói o senso comum na sociedade sobre a cultura geral dos seus cidadãos. Tudo isso é o resultado da implementação nos currículos da educação sobre a moral Pancasila, por todas as gerações.

*Editor FH

1 comentário:

  1. Caros Editores,

    Hatama hela comentario oan ne'e iha artigo simbolos nacionais nia okos.
    Obrigado wa'in
    Raul Casanova


    Hino Nacional nebe'e canta iha loron Restauração e to'o ohin loron mos
    la completo. Sira canta de'it mak ninia refrão, maibe parte sira seluk
    sira la kanta. La kanta tanba parte sira seluk, la seluk e la leet mak
    kritika, kondena ho insulta kolonialista (Português) ho capitalistas
    (Europa, Australia, America ho Japão) sira. La canta tanba tauk rai
    sira ne'e atu la fo tulun ba Timor, tanba sira mak ohin loron fo tulun
    makaas liu ba Timor. Sira hanoin atu muda tiha parte sira nebe agora
    subar hela ba publico ne'e. Maibe to'o agora seidauk muda.

    Karik ida ne'e bele muda, nusa mak bandeira mos labele muda oituan
    hodi representa tomak forças politicas ho sociedade Timor nebe
    composto husi grupos etnicos oioin? Bandeira RDTL ida agora ne'e bele
    dehan 100% identico ho Fretilin tanba ninia kor hanesan lolos ho
    bandeira Fretilin nian.

    Obrigado wa'in

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.