VISAO MISAO OBJECTIVO SPORTIMOR FH KKN HOME FH LPV ARTIGOS FH MUZIKA LIA MENON FH RESPONDE

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Telefonema Lancinante!

                     
Telefonema Lancinante!
«Um telefonema para Taur Matan Ruak no acampamento de Uai Mori tera sido posivelmente o telefonema mais lancinante da vida de Xanana. Xanana gritou e chorou num telefonema via satélite, implorando a Matan Ruak que não respondesse ao fogo do exército e da milícias indonésios. Matan Ruak gritou do outro lado, dizendo que não poderia conter os guerrilheiros durante muito tempo. Não compreendia como é que Xanana podia pedir-lhes para se manterem calmos quando o povo estava a ser chacinado. Xanana ameaçou demitir-se e Matan Ruak terminou o telefonema dizendo que não augentava mais e que ia abandonar o acampamento para proteger o povo. Porém, Matan Ruak mateve-se no acampamento, a disciplina prevaleceu e triunfou sobre a provocação. Segundo um relato, Xanana telefonou depois a Ramos-Horta e disse-lhe que estava tudo perdido. Ramos-Horta, que ia a caminho do forum da APEC na Nova Zelandia para se encontrar com o presidente Clinton, ligou a Annan em Nova Iorque e recebeu algumas garantias de que estava a ser formada uma força de manutenção de paz. Ramos-Horta ligou a Matan Ruak e disse-lhe que uma força de manutenção de paz chegaria em breve. Matan Ruak cedeu. O exécito e as milícias continuaram o seu trabalho.»

SARA NINER
[ XANANA – Uma Biografia Política. Pag. 237. Título original: XANANA: Leader of the Struggle for Independent Timor-Leste. Tradução de Isabel Veríssimo. Publicações Dom Quixote. 2011. ]

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.